Home Odontopediatria Perguntas Frequentes
Perguntas Frequentes

 

 

Quando que meu bebê começará a ter dentes?
Normalmente os dois primeiros dentes inferiores da frente nascem aos 6 meses de idade, seguido pelos 2 superiores. Durante os próximos 18 a 24 meses, os outros dentes aparecem. Os dentes de leite devem aparecer aos 2 ou 3 anos de idade.
 
Quão frequentemente meu filho(a) precisa visitar o dentista?
Ambos crianças e adolescentes deveriam visitar o dentista a cada 6 meses para prevenir as cáries e outros problemas dentais. Frequentemente nós conseguimos identificar e parar um cárie no começo, sem a necessidade de uma restauração.

Quando deve acontecer a primeira visita da criança ao dentista?
A partir dos seis meses, quando começam a nascer os primeiros dentinhos. Nesta visita, a mamãe recebe orientação sobre dieta, higiene, aplicação de flúor, uso adequado da mamadeira, chupeta e também correção dos maus hábitos como chupar dedo.

O que são os chamados dentes de leite?
São os primeiros dentes a erupcionarem na cavidade oral, são denominados de decíduos e são conhecidos como dentes de leite por serem brancos e mais claros que os permanentes.

A partir de que idade os dentes de leite começam a cair? Por que?
Os dentes de leite começam a cair entre 5 e 7 anos, e isso ocorre porque os dentes permanentes vão se formando e reabsorvendo a raiz do dente de leite. Com isso, os dentes decíduos iniciam uma mobilidade que irá progredir até cair (esfoliar), para então permitir a erupção (nascimento) dos dentes permanentes.

Qual a seqüência de queda dos dente de leite? Explique.
Os primeiros dentinhos a cair, normalmente são os anteriores, depois segue a troca dentaria com a esfoliação dos caninos e por fim os dentes posteriores. A troca dos dentes anteriores inicia-se com os incisivos centrais inferiores, em seguida os incisivos laterais e por fim os incisivos centrais superiores, podendo variar esta seqüência.

Existe algum cuidado especial com os dentes permanentes que irão nascer após a queda do dente de leite? Explique.
Os dentes permanentes devem receber cuidados especiais, porque são dentes que ficarão para a vida toda. Ao nascerem os dentes posteriores se encontram num nível mais baixo de que os outros dentes de leite, permitindo assim um maior acúmulo de restos alimentares. Deve-se orientar a higiene com escovas diferenciadas (bitufo) que alcançam individualmente cada um desses dentes, além de aplicações de verniz de flúor, para fortalecer este esmalte. Depois de nascidos por completo deve-se avaliar a necessidade individual de cada criança e a possível indicação de selantes, que são resinas fluídas que selam a superfície dental, uma maneira de diminuir a profundidade dos sulcos existentes em dentes permanentes, facilitando a higiene e diminuindo o acúmulo de placa. É importante salientar que os primeiros molares permanentes, nascem aos 6 anos de idade, atrás do último dentinho de leite ( segundo molar decíduo), sem que haja a troca. Porém algumas mães ficam surpresas quando vão ao consultório e dizem a elas que são dentes permanentes.

Pode acontecer de a criança demorar mais a perder o dente de leite? Isso é comum? O que fazer nesse caso?
Em média a criança começa a trocar dentes aos 6 anos de idade e termina aos 12. Porém pode haver variação, com isto pode ocorrer troca dentária mais tardia, mas o odontopediatra deve avaliar se está dentro dos padrões de normalidade. Existem casos em que pode ocorrer a retenção tardia, isto é, quando o dente de leite não cai e o permanente já está na hora de nascer. Neste caso após uma avaliação clínica e radiográfica poderá ser indicada a extração do dente de leite para a erupção do permanente.

O que os pais devem fazer quando perceber que o dente está ficando mole?
Os pais devem agir naturalmente com a criança, explicar que está na hora de trocar o seu dentinho. Deve-se evitar que a criança fique levando à mão suja a boca tentando amolecer o dentinho, e cuidar da sua higiene bucal. O ideal é que o dente caia naturalmente, quando isso não acontece é importante a avaliação do odontopediatra que irá removê-lo, cuidando dessa criança para que não tenha trauma devido a esta extração.

“Muitas crianças se orgulham de “ficar “ banguela “, mas e aquelas que têm vergonha. Como tratá-las?
Devemos explicar que é um processo natural, todas as crianças ficam banguelas, que seus amiguinhos da escola também estão trocando os dentes. A janelinha aparece para permitir o nascimento de um novo dente, maior e bem bonito. Uma idéia é a mamãe tirar fotos da janelinha para colocar no álbum de fotos.

Com que freqüência a criança deve ir ao dentista após a queda do primeiro dentinho?
Deverá ser por volta de um ano de idade, quando ela já apresenta seus primeiros dentinhos. A freqüência do retorno ao consultório varia de acordo com a necessidade individual de cada criança. Sugerimos a mãe que a criança visite o Odontopediatra duas vezes ao ano, para que possa ser acompanhada durante todo seu crescimento, troca dentária, orientação de higiene, uso de aparelho e remoção de maus hábitos. É importante salientar o uso do fio dental, tornando isso um hábito normal do seu dia a dia. Com isto, buscamos formar uma geração Cárie Zero.

O que os pais podem fazer se o dente permanente começar a nascer antes de o dente de leite cai? Isso é comum? Explique.
Os dentes permanentes podem começar a nascer antes de cair o dente de leite e isso acontece devido a uma diminuição da função mastigatória, caracterizada pela ingestão de alimentos mais pastosos e menos fibrosos. Pode ocorrer principalmente na região anterior, o nascimento do dente permanente atrás do dente de leite, quando isto ocorre, o Odontopediatra deverá fazer uma avaliação clínica e radiográfica e indicar a remoção ou extração do dente de leite.

Quando que meu bebê começará a ter dentes?

Normalmente os dois primeiros dentes inferiores da frente nascem aos 6 meses de idade, seguido pelos 2 superiores. Durante os próximos 18 a 24 meses, os outros dentes aparecem. Os dentes de leite devem aparecer aos 2 ou 3 anos de idade.

 

Quão frequentemente meu filho(a) precisa visitar o dentista?

Ambos crianças e adolescentes deveriam visitar o dentista a cada 6 meses para prevenir as cáries e outros problemas dentais. Frequentemente nós conseguimos identificar e parar um cárie no começo, sem a necessidade de uma restauração.

 

 

1. Quando deve acontecer a primeira visita da criança ao dentista?

A partir dos seis meses, quando começam a nascer os primeiros dentinhos. Nesta visita, a mamãe recebe orientação sobre dieta, higiene, aplicação de flúor, uso adequado da mamadeira, chupeta e também correção dos maus hábitos como chupar dedo.

2. O que são os chamados dentes de leite?

São os primeiros dentes a erupcionarem na cavidade oral, são denominados de decíduos e são conhecidos como dentes de leite por serem brancos e mais claros que os permanentes.

3. A partir de que idade os dentes de leite começam a cair? Por que?

Os dentes de leite começam a cair entre 5 e 7 anos, e isso ocorre porque os dentes permanentes vão se formando e reabsorvendo a raiz do dente de leite. Com isso, os dentes decíduos iniciam uma mobilidade que irá progredir até cair (esfoliar), para então permitir a erupção (nascimento) dos dentes permanentes.

4. Qual a seqüência de queda dos dente de leite? Explique.  

Os primeiros dentinhos a cair, normalmente são os anteriores, depois segue a troca dentaria com a esfoliação dos caninos e por fim os dentes posteriores. A troca dos dentes anteriores inicia-se com os incisivos centrais inferiores, em seguida os incisivos laterais e por fim os incisivos centrais superiores, podendo variar esta seqüência.

5. Existe algum cuidado especial com os dentes permanentes que irão nascer após a queda do dente de leite? Explique.

Os dentes permanentes devem receber cuidados especiais, porque são dentes que ficarão para a vida toda. Ao nascerem os dentes posteriores se encontram num nível mais baixo de que os outros dentes de leite, permitindo assim um maior acúmulo de restos alimentares. Deve-se orientar a higiene com escovas diferenciadas (bitufo) que alcançam individualmente cada um desses dentes, além de aplicações de verniz de flúor, para fortalecer este esmalte. Depois de nascidos por completo deve-se avaliar a necessidade individual de cada criança e a possível indicação de selantes, que são resinas fluídas que selam a superfície dental, uma maneira de diminuir a profundidade dos sulcos existentes em dentes permanentes, facilitando a higiene e diminuindo o acúmulo de placa. É importante salientar que os primeiros molares permanentes, nascem aos 6 anos de idade, atrás do último dentinho de leite ( segundo molar decíduo), sem que haja a troca. Porém algumas mães ficam surpresas quando vão ao consultório e dizem a elas que são dentes permanentes.

6. Pode acontecer de a criança demorar mais a perder o dente de leite? Isso é comum? O que fazer nesse caso?

Em média a criança começa a trocar dentes aos 6 anos de idade e termina aos 12. Porém pode haver variação, com isto pode ocorrer troca dentária mais tardia, mas o odontopediatra deve avaliar se está dentro dos padrões de normalidade. Existem casos em que pode ocorrer a retenção tardia, isto é, quando o dente de leite não cai e o permanente já está na hora de nascer. Neste caso após uma avaliação clínica e radiográfica poderá ser indicada a extração do dente de leite para a erupção do permanente.

7. O que os pais devem fazer quando perceber que o dente está ficando mole?

Os pais devem agir naturalmente com a criança, explicar que está na hora de trocar o seu dentinho. Deve-se evitar que a criança fique levando à mão suja a boca tentando amolecer o dentinho, e cuidar da sua higiene bucal. O ideal é que o dente caia naturalmente, quando isso não acontece é importante a avaliação do odontopediatra que irá removê-lo, cuidando dessa criança para que não tenha trauma devido a esta extração.

8. “Muitas crianças se orgulham de “ficar “ banguela “, mas e aquelas que têm vergonha. Como tratá-las?

Devemos explicar que é um processo natural, todas as crianças ficam banguelas, que seus amiguinhos da escola também estão trocando os dentes. A janelinha aparece para permitir o nascimento de um novo dente, maior e bem bonito. Uma idéia é a mamãe tirar fotos da janelinha para colocar no álbum de fotos.

9. Com que freqüência a criança deve ir ao dentista após a queda do primeiro dentinho?  

Deverá ser por volta de um ano de idade, quando ela já apresenta seus primeiros dentinhos. A freqüência do retorno ao consultório varia de acordo com a necessidade individual de cada criança. Sugerimos a mãe que a criança visite o Odontopediatra duas vezes ao ano, para que possa ser acompanhada durante todo seu crescimento, troca dentária, orientação de higiene, uso de aparelho e remoção de maus hábitos. É importante salientar o uso do fio dental, tornando isso um hábito normal do seu dia a dia. Com isto, buscamos formar uma geração Cárie Zero.

10. O que os pais podem fazer se o dente permanente começar a nascer antes de o dente de leite cai? Isso é comum? Explique.

Os dentes permanentes podem começar a nascer antes de cair o dente de leite e isso acontece devido a uma diminuição da função mastigatória, caracterizada pela ingestão de alimentos mais pastosos e menos fibrosos. Pode ocorrer principalmente na região anterior, o nascimento do dente permanente atrás do dente de leite, quando isto ocorre, o Odontopediatra deverá fazer uma avaliação clínica e radiográfica e indicar a remoção ou extração do dente de leite.
 
Av. Eng. Francisco José Longo, 1265 - Vila Bethânia - São José dos Campos - SP
Tel: (12) 3945-4400 - Fax: (12) 3923-2997 - Marcação de Consultas: (012) 3945-4402
orkut-icon1 Hospital Prontil no Twitter